close
O Aço Inoxidável

As diferenças dos Aços 304 ou 316 e 304L ou 316L em composição química e resistência ? corrosão

aço 304

A variedade das diferentes classes de Aço Inox pode parecer, a princípio, algo confuso? para quem começa a entrar em contato com esse mercado. Engana-se quem pensa que todo produto vendido como “aço inoxidável” é exatamente o mesmo material.? Compararemos, no artigo de hoje, os Aços 304 ou 316 e o 304L ou 316L, suas características e aplicações. Confira!

O Aço Inox é dividido entre três famílias (que você pode conhecer e saber mais sobre em nosso ebook ABC do Aço Inox);? cada uma com dezenas de tipos. O produto no mercado é classificado por meio da norma criada pela AISI (American Iron and Steel Institute), definindo uma nomenclatura de acordo com os elementos que compõem a matéria-prima do Aço Inox, como ferro e níquel.

Aços 304 ou 316 e 304L ou 316L: composição química

Primeiramente, é preciso apresentar cada classe de Aço Inox. O Aço 304 (ou AISI 304) é o tipo de Aço Inox mais popular. Seu uso é visto em áreas como utensílios de cozinha, hospitais, indústrias farmacêutico químicas e petroquímicas.

A diferença do Aço 304 para o 316 é que o segundo conta com cerca de 2,50% de molibdênio em sua composição. Essa liga garante a essa classe de Aço Inox uma qualidade superior para as mesmas aplicações do Aço 304.

Já os Aços 304L ou 316L são versões desses mesmos aços com menor teor de carbono. A seguir, você saberá mais sobre qual é o impacto desse baixa composição de carbono para esses tipos de aço.

Entre as três famílias de Aço Inox, os Aços 304 e 316 e Aços 304L e 316L fazem parte dos Austeníticos, caracterizada? pelo amplo número de ligas e aplicações de seus tipos. Aços Inox Austeníticos são compostos por ferro, cromo e níquel, e têm alta resistência ? ? corrosão.

As faixas de composição química dos Aços 304 ou 316 e 304L ou 316L são geralmente as seguintes:

AISI 304 ou 316

Carbono: máximo de 0,08%

Molibdênio (somente AISI 316): 2 a 3%

Níquel: 8 a 12%

AISI 304L ou 316L

Carbono: máximo de 0,03%

Molibdênio (somente AISI 316L): 2 a 3%

Níquel: máximo de 12%

Podemos notar que, além da diferença do teor de carbono, as faixas de composição química dos demais elementos são essencialmente as mesmas. Elementos como cromo e níquel são mais ou menos similares em todas as variantes dos Aços 304 ou 316 e 304L ou 316L.

O Aço 304L europeu, denominado? 1.4306 e 1.4307, por exemplo, tem a faixa de níquel mínima de 8%, semelhante em relação ? s variantes do Aço 304, denominado 1.4301. O que difere ambos são as faixas de carbono, sendo um máximo de 0,03% para o 304L e máximo de 0,07% para o tipo 304. O mesmo vale para o 316 e o 316L, com seus aços europeus (1.4401 e 1.4404, respectivamente) iguais em todas as faixas de carbono, com máximo de 0,07% para o 1.4401 e máximo de 0,030% para 1.4404.

Mas, no que difere esse teor de carbono? É hora de descobrir isso no efeito de cada tipo de Aço Inox ao resistir ? corrosão!

O efeito do carbono na resistência ? corrosão

Os tipos de aço 304L e 316L são versões construídas com baixo carbono como alternativas do aço padrão para superarem o risco do que chamamos de corrosão intercristalina.

A corrosão intercristalina (ou desintegração da solda) ocorre quando as extremidades do material são mais suscetíveis a corroerem do que o seu interior. Isso geralmente ocorre com a precipitação do Cromo em ligas de Aço Inox em alta temperatura, utilizado na Camada Passiva do Aço Inoxidável, isto é, o filme que protegeria o Aço Inox de ser corroído.

O baixo teor de carbono dos Aços 304L e 316L impede que a corrosão intercristalina ocorra, especialmente nas sessões mais “grossas” do Aço.

A soldagem dos aços de baixo carbono são geralmente mais fáceis, possivelmente por conta de sua resistência física. Isso pode impactar os níveis de tensão residual após sua adequação no processo.

Escolhendo o Aço Inox Ideal

Apesar de os Aços 304L e 316L terem uma resistência ? corrosão maior em relação aos Aços 304 e 316 por conta de sua baixa faixa de carbono, isso não significa exatamente que eles serão sempre os mais adequados e sustentáveis para a aplicação que você necessita. É preciso ficar atento ? s certificações utilizadas pelos aços na fabricação, bem como sua forma de estocagem e manuseio, que impacta totalmente na duração do material.

Na Losinox, trabalhamos com Aço Inox com o melhor custo-benefício, sempre inovando nossos processos e com foco total na satisfação do cliente. Contate-nos e conheça mais de nossa linha de produtos e serviços.

Para entender melhor este mercado, a Losinox com sua experiencia de ? 50 anos comercializando aço inoxidável, preparou um manual que o? comprador de aço inoxidável possa? esclarecer suas dúvidas, de forma simples e prática, para você saber tudo o que deve? ser levado em consideração pelo comprador para fazer melhor decisão? possível.

Baixe o Manual clicando na imagem abaixo

Aços 304 e 316 e Aços 304L e 316L