close
Acabamentos

Conheça os tipos de acabamentos do aço inox!

aço

O aço inoxidável é uma liga metálica presente em diversas aplicações do nosso dia a dia, como utensílios de cozinha, decoração, equipamentos hospitalares, maquinário industrial, entre outras. Existem diversos tipos de acabamentos do aço inox, definidos por sua estrutura. Basicamente, um aço inox é caracterizado por ser uma liga de ferro e cromo. Outros materiais podem estar presentes na liga, mas o cromo é o mais importante, por conferir ao aço inox a resistência ? ? corrosão característica do produto. Essa resistência é obtida por meio da criação de um óxido protetor que impede o impacto agressivo da atmosfera de entrar em contato com o metal base.

Os tipos de acabamentos do aço inox realizados na superfície impacta diretamente na aplicação do produto, no projeto e em seu processo de fabricação.

No artigo de hoje, confira a classificação dos diferentes tipos de acabamento do aço inoxidável. Acompanhe!

Padronização dos tipos de acabamentos do aço inox de acordo com a norma NBR6361

Os acabamentos do aço inox é a última etapa de produção durante o processamento do material, no qual a rugosidade do aço sofre uma variação de acordo com os riscos realizados pelo equipamento e o tratamento final dado durante a etapa do acabamento. A composição química, a espessura e o método de fabricação causam variações na aparência e na suavidade ao tato.

Durante o acabamento, pode ser realizada a laminação a quente ou a frio, que definem as propriedades e aplicações que o aço inoxidável terá. Enquanto as chapas laminadas a quente são voltadas para a fabricação de autopeças e móveis, por exemplo, as chapas laminadas a frio – por sofrerem um processo a mais após a laminação a quente – ? têm maleabilidade e resistência para a aplicação na fabricação de eletrodomésticos e utilização na construção civil, como em ferragens e esquadrias.

É importante também ressaltar que um mesmo tipo de acabamento de superfície em aços inoxidáveis distintos pode resultar em aparências características diferentes, como no caso dos aços inox com ligas de cromo-níquel ou cromo-níquel-manganês em relação ao cromo.

Acabamentos de superfície destinados a chapas grossas

  • 0: Laminação a quente, com ou sem tratamento térmico e sem a remoção da carepa, a película de óxido de ferro resultante do processo.
  • 1: Laminação a quente, tratamento térmico e decapagem, ou seja, a remoção da carepa e oxidações.
  • 2D: Laminação a frio, tratamento térmico e decapagem.
  • 3: Polimento obtido com grãos abrasivos que passaram em peneiras de malhas quadradas contendo 100 malhas por 25,4 mm lineares de lado.
  • 4: Polimento obtido com grãos abrasivos que passaram em peneiras de malhas quadradas contendo 120 a 150 malhas por 25,4 mm lineares de lado, após corte com abrasivos mais grossos.

Acabamentos de superfície destinados a chapas finas

  • 1: Laminação a quente, tratamento térmico e decapagem
  • 2D: Laminação a frio, tratamento térmico e decapagem
  • 2B: Mesmo processo que 2D, seguindo de um leve passe final a frio para obter, em cilindros polidos, uma superfície brilhante
  • BA:Laminação a frio, superfície brilhante e com um alto grau de reflexão, obtido no tratamento térmico em atmosfera controlada.
  • 2E: Laminação a frio, sem tratamento térmico posterior
  • 3: Polimento obtido com grãos abrasivos que passaram em peneiras de malhas quadradas contendo 100 malhas por 25,4 mm lineares de lado.
  • 4: Polimento obtido com grãos abrasivos que passaram em peneiras de malhas quadradas contendo de 120 a 150 malhas por 25,4 mm lineares de lado, após desbaste com abrasivos mais grossos
  • 6: Polimento fosco acetinado obtido através de escovas aplicadas em meio de abrasivo e óleo a chapas com acabamento de superfície número 4. Possui menor refletividade que o acabamento de número 4
  • 7: Polimento com alto grau de refletividade obtido de uma superfície fina, sem haver, contudo, remoção das linhas de polimento
  • 8: Polimento obtido com uma sucessão de abrasivos finos e a seguir com camurças ou feltros. Superfície inteiramente livre dos riscos resultantes dos polimentos anteriores.

O que é a norma NBR6361 e porque é importante segui-la

A norma NBR6361, criada pela ABNT, define os acabamentos que vimos aqui e prescreve como as chapas e tiras de aço inoxidável devem ser tratadas no acabamento de sua superfície.

Como organismo regulador, a ABNT define essa norma para padronizar a produção de aço inoxidável e garantir, assim, que o custo e a qualidade do material estejam de acordo com as características estabelecidas. É importante, portanto, que o fornecedor seja de qualidade e siga a norma, fazendo com que seu produto possa atender ? s demandas de produção e utilização desejadas pelo comprador de aço inox.

Para saber mais sobre aço inoxidável, suas famílias, tipos, processos e aplicações, não deixe de conferir nosso e-book ABC do Inox. Dúvidas, sugestões ou solicitações sobre os produtos e serviços da Losinox? Contate-nos!