close
Aço cirúrgicoO Aço Inoxidável

Entenda a diferença entre aço cirúrgico e aço inoxidável

aço-cirurgico

Os benefícios e as aplicações do aço são bastante variados. Quando se pensa em um metal versátil, de qualidade, com estética diferenciada e grande durabilidade, logo o aço vem à mente. No entanto, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre as similaridades e as diferenças entre o aço cirúrgico e o aço inoxidável.

Neste artigo, saiba mais sobre esses materiais e descubra as principais diferenças entre eles. Acompanhe.

O aço cirúrgico

O aço cirúrgico é um elemento muito utilizado na fabricação de acessórios pessoais em todo o mundo. Ele é um metal valioso na fabricação de peças como brincos, anéis, alianças e colares, devido à sua resistência, a qual garante a durabilidade e o brilho característicos desse material.

Além disso, o metal é resistente à oxidação. No entanto, cabe ressaltar que o que irá determinar se é inoxidável ou não será o seu valor. O aço cirúrgico possui baixo teor de carbono e passa por um derretimento a vácuo, um método seguro que evita qualquer tipo de elementos contaminantes na superfície da joia. Dessa forma, é possível evitar reações alérgicas na pele.

Manual-do-comprador-768x161 (1)

O aço inoxidável

O aço inoxidável, por sua vez, não oxida, pois contem liga de ferro e crômio. Ele possui diversas categorias, inclusive, há algumas nomenclaturas que ajudam a diferenciar as composições de cada um dos tipos. No aço 316, por exemplo, há uma quantidade de 2,5% de molibdênio em sua composição. Isso o torna um metal com nível superior, se comparado com o aço 304. Por outro lado, aqueles que possuem a letra L, tais como o 304L e 316L, contam com até 0,03% de aço em sua composição e apresentam diferença na quantidade de carbono.

Principais diferenças entre aço cirúrgico e aço inoxidável

A principal diferença entre o aço inox e o aço cirúrgico está na quantidade de carbono presente na composição do material para determinar a corrosão. Peças com menores quantidades de carbono têm menos risco de sofrerem corrosão intercristalina ou desintegração da solda, e isso é proporcionado pelo aço cirúrgico – também conhecido como aço 316L.

Além disso, esse tipo de aço apresenta maior capacidade do que o inoxidável de manter a cor e o brilho por um longo prazo e por ser menos suscetível à corrosão intercristalina. Ainda, tem higiene, assepsia e limpeza facilitadas.

Além de seu uso no segmento de joias, o material também tem seu emprego na indústria hospitalar – inclusive o seu uso teve começo nesse setor com a produção de bisturis, mas, devido às suas propriedades, as suas aplicações logo se expandiram para essa área. No nicho de acessórios, ele desempenha multifunção, pois pode ser utilizado em colares, pingentes, brincos, escapulários e outras peças, com uma vantagem muito importante quando há o contato com a pele, que é o menor risco de gerar problemas alérgicos.

Isto ocorre pois a fabricação envolve um processo diferente de derretimento do metal e, com isso, os contaminantes perdem o contato com a peça.

E então, ficou mais claro para você quais são as principais diferenças entre o aço cirúrgico e o inoxidável? Em caso de dúvidas, deixe sua mensagem nos comentários ou entre em contato conosco.