close
O Aço Inoxidável

Entenda as diferenças dos arames de aço inox e dos recozidos

Tubos-de-aço-inox-AISI-304-1

O ramo de construção civil conta com uma gama diversificada de materiais e recursos para serem explorados em projetos distintos. Vigas, blocos, estacas, lajes, pilares – versátil, o aço inoxidável está presente em todas as estruturas de concreto armado. De fato, o aço é um dos materiais mais utilizados nesse segmento, tendo em vista seus variados benefícios para os projetos, tais como alta resistência e durabilidade, além de ótima tração. Mas você sabe a real diferença entre arames de aço inox e dos recozidos?

Tire suas principais dúvidas sobre o tema conferindo o artigo a seguir!

Manual-do-comprador-768x161 (1)

O que são os arames de aço inox?

Produzido com aço inoxidável, esse material possui, ao menos, 10,5% de cromo. Para retirar as impurezas e melhorar a qualidade do produto, o aço passa por um processo especial de recapagem.

Esse procedimento torna os arames de aço inox mais resistentes à corrosão, se comparados ao aço tradicional, com melhor custo-benefício, resistente a variações de temperatura e a outros impactos.

Por essa razão, eles são muito utilizados em peças automotivas, grandes construções e, inclusive, em ambientes mais agressivos, tais como o litoral. Outro benefício que podemos ressaltar é a facilidade de manutenção e limpeza.

Outra vantagem dos arames de aço inox é serem sustentáveis, já que sua matéria-prima é 100% reciclável. Isso significa que, quando ele não tiver mais utilidade para você ou seu projeto, também não será prejudicial à natureza e poderá dar origem a outro produto.

O que são os arames recozidos?

O arame recozido é fabricado a partir do aço de baixo teor de carbono – nesse caso, a matéria-prima será o fio-máquina. Por isso, é um produto mais flexível e fácil de manusear, sendo geralmente utilizado em operações que exigem torções e dobras.

Para que o material seja maleável e fácil de manusear, é preciso passá-lo por um longo processo de preparação. Além da decapagem, o fio-máquina passa por uma trefilação, o que significa a redução da largura e o aumento do comprimento.

Depois disso, o material segue para o procedimento de recozimento. Esse refere-se a um tratamento térmico para “amolecer” o arame. Por fim, o arame recozido é organizado em rolos e, finalmente, enviado para comercialização.

Em alguns casos, o arame ainda é submetido a um processo de galvanização, quando recebe uma cobertura de zinco, com o intuito de proteger o material contra corrosão. No entanto, esse processo não é obrigatório.

Vale ressaltar que para ambientes mais hostis e com maior risco de corrosão, tais como os litorâneos, este tipo de material não é o mais indicado, em função de sua resistência menor a agentes oxidantes.

Como vimos, os arames de aço inox e os recozidos têm diversos diferenciais e aplicações recomendadas. Portanto, antes de escolher o melhor material, é necessário avaliar o projeto e suas reais necessidades, para, assim, entender qual está mais alinhado as suas expectativas.

Empresas como a Losinox oferecem atendimento consultivo, auxiliando o cliente a encontrar a melhor solução para as demandas de seus projetos.

Quer saber mais sobre o assunto e adquirir materiais de qualidade para o seu projeto? A Losinox tem mais de 50 anos de mercado e está pronta para ajudá-lo. Aguardamos o seu contato!