close

Limpeza

Limpeza

Limpar aço inox: qual é a maneira correta de fazer?

kitchen-3148954_1920

O aço inox está amplamente presente em nosso cotidiano. Ele é um material versátil e acessível. Por isso, é utilizado tanto nas panelas até em equipamentos hospitalares, veículos, decoração e construção civil. No entanto, mesmo interagindo de uma forma ou de outra diariamente com ele, ainda existem muitas dúvidas em relação à maneira correta de limpar aço inox.

Esse material tem uma extensa lista de benefícios que incluem aplicabilidade, durabilidade e sustentabilidade. Além disso, ele não absorve odores, coloração ou gosto dos alimentos e é muito resistente, o que ajuda a reduzir custos de manutenção e de utilização de produtos químicos perigosos.

Mas, como qualquer outro material, ele requer cuidados específicos para preservá-lo e ter sua vida útil prolongada.

Pensando nisso, neste artigo, vamos dar dicas sobre a maneira correta de limpar aço inox. Confira e saiba como deixá-lo sempre com uma aparência renovada!

Manual do comprador

Produtos indicados para limpar aço inox

Ao contrário do que muita gente ainda pensa, esse processo não envolve a utilização de produtos químicos fortes. Com materiais de fácil acesso e manuseio, é possível remover a sujeira e, até mesmo, as manchas.

Os produtos mais indicados para limpar aço inox são detergentes suaves e neutros, água, sabão, panos de microfibra, esponjas de nylon e removedores à base de amônia diluídos em água morna.

O segredo para realizar esse processo adequadamente é utilizar o material correto e produtos suaves que não prejudiquem a superfície do aço.

Como limpar aço inox

As propriedades do aço inox conferem diversas características positivas ao material, como a resistência à corrosão, o fato de não descascar e ser fácil de higienizar. No entanto, a sua camada protetora pode sofrer danos em decorrência da sujeira e de outros contaminantes. Por esse motivo, é fundamental limpar o aço inox regularmente. Confira a seguir a maneira correta para cada tipo de sujeira:

Limpeza de rotina

A limpeza de rotina é essencial para preservar as características do aço inox e evitar o aparecimento de manchas.

Comece removendo os detritos. Em seguida, molhe as superfícies que serão higienizadas. Misture um pouco de detergente com água morna. Aplique a solução com o auxílio de um pano macio ou de uma esponja de nylon e faça movimentos firmes e uniformes, cobrindo toda a superfície. Enxágue e em seguida seque com um pano macio, limpo e absorvente.

Limpeza para remover sujeira moderada

Quando a limpeza de rotina não é suficiente para remover a sujeira, é preciso realizar um processo mais intenso. Dissolva bicarbonato de sódio em álcool de uso doméstico até que essa mistura forme uma pasta.

Aplique-a utilizando um pano macio ou uma esponja de nylon. Faça movimentos uniformes no sentido das linhas do aço inox, evitando fazer círculos. Enxágue com água morna e, na sequência, seque com pano macio.

Limpeza para remover sujeira intensa

Em caso de sujeiras mais profundas, faça uma pré-imersão em detergente morno para amolecer os resíduos. Feito isso, siga o procedimento para limpar aço inox com sujeira moderada. Repita se necessário. Enxágue e seque com pano macio.

Como preservar as características do aço inox e aumentar sua vida útil

Para que a durabilidade do material seja preservada, é preciso utilizar as ferramentas corretas de limpeza, evitar riscos e manchas que possam oxidá-lo. Veja algumas dicas para aumentar a vida útil do aço inox:

  • Use os químicos adequados: ao limpar aço inox, alguns produtos devem ser evitados, pois prejudicam sua superfície. Removedores de tinta, ácido de bateria e ácido muriático são alguns exemplos. Produtos como polidores e saponáceos devem ser utilizados com moderação e apenas em casos extremos. Já os alvejantes podem ser utilizados ocasionalmente em pias e tanques, se forem diluídos em água morna ou fria nas concentrações recomendadas dos produtos.
  • Limpe no sentido correto: utilize como base as linhas que o aço inox possui. Evite movimentos circulares, especialmente quando você utilizar produtos mais abrasivos.
  • Jamais risque a superfície: essa dica serve tanto para limpar aço inox quanto para manuseá-lo. Utilize sempre panos de microfibra, esponjas de nylon e colheres e espátulas de silicone, plástico ou borracha.
  • Não raspe o material: em hipótese alguma raspe a superfície com lâmina para retirar etiquetas, rótulos ou sujeiras.

O aço inox já conquistou diversos espaços. Com tanta versatilidade, beleza e qualidade, esse material é usado em decoração, na indústria e em diversas outras esferas. Com alguns cuidados ao limpar aço inox, você poderá aumentar a sua vida útil, eliminando custos com manutenção, produtos químicos e evitando dores de cabeça.

E então, gostou de nossas dicas de como limpar aço inox? Deixe sua mensagem nos comentários.

read more
Comprando o aço inoxLimpeza

Manuseio e estocagem do Aço Inox: Tudo o que você precisa saber!

estoque

O Aço Inox é um material? bonito, de fácil limpeza e resistente ? corrosão por oxidação – ou seja, ele demora muito mais para enferrujar do que um aço comum. Contudo, como qualquer outra matéria-prima, existem alguns cuidados de manuseio e estocagem do aço inox, que podem (e devem) ser observados para manter tais características e, consequentemente, prolongar sua vida útil.

São sobre esses cuidados que vamos tratar neste texto.

Aço Inox: Como evitar o aparecimento de manchas e preservar sua vida útil através de um manuseio adequado?

Como o Aço Inox atualmente é utilizado em diversas indústrias, que vão desde utensílios domésticos até equipamentos hospitalares, é inevitável que durante o seu manuseio e estocagem ocorra o aparecimento machas e sujeiras em geral.

Contudo, existem algumas situações que os danos ao Aço Inox podem ser mais significativos, por exemplo:

a) Ácidos e produtos químicos: Produtos concentrados para piscinas, ácido de bateria, ácido muriático, removedores de tintas e substâncias mais fortes podem danificar a superfície do Aço Inox. Produtos de limpeza com água sanitária ou alvejantes podem ser usados para limpeza, porém devem ser diluídos em água nas concentrações recomendadas na embalagem do produto ou pelo próprio fornecedor do Aço Inox.

b) Produtos de limpeza: Polidores e saponáceos também podem prejudicar a superfície do Aço Inox e por isso devem ser evitados ao máximo. O ideal é sempre buscar no mercado produtos especialmente desenvolvidos para limpeza deste tipo de matéria-prima.

c) Alimentos e ingredientes: O sal é um material corrosivo e, quando presente em altas concentrações nos alimentos preparados em materiais de Aço Inox, podem danificar a superfície ou provocar o aparecimento de manchas – especialmente em altas temperaturas.

d) Superaquecimento: Apesar do Aço Inox ser um derivado do aço comum, expô-lo ? alta temperatura com frequência pode provocar queimaduras e aparecimento de manchas extremamente difíceis de serem removidas.

e) Aço comum: O contato direto com o aço comum (como é o caso de utensílios domésticos e esponjas de aço) também podem favorecer o aparecimento de manchas no Aço Inox, especialmente se os materiais estiverem molhados ou mesmo úmidos.

Entender que certas situações podem prejudicar as características fundamentais do Aço Inox é importante porque, ao contrário do que muitas pessoas pensam, nem sempre o aparecimento de manchas ou oxidação acelerada é consequência de um material de baixa qualidade.

Como evitar danos mecânicos e contaminações durante o manuseio e estocagem do Aço Inox?

Existem dois tipos de ocorrências que podem prejudicar significativamente a qualidade do Aço Inox: danos mecânicos e contaminações. Isso porque em ambos os casos pode ocorrer um rompimento da Camada Passiva (camada fina de cromo responsável pela resistência a corrosão no Aço Inox) e consequentemente o deterioramento mais rápido do material.

Os danos mecânicos devem ser evitados através de um manuseio mais cuidadoso das bobinas e chapas de Aço Inox, transporte sobre equipamentos com rodinhas e estocagem sobre tábuas de madeira – evitar ao máximo o contato do material com o piso.

Além disso, os plásticos nos quais as peças vêm embaladas devem ser mantidos o máximo possível, uma vez que eles evitam impactos e arranhões entre as chapas ou bobinas durante o transporte.

Já os danos químicos estão mais relacionados ao aparecimento de manchas e, por isso, geralmente são consequências de uma estocagem e/ou exposição inadequada do material.

Para evitar os danos químicos, deve-se sempre usar luvas plásticas de proteção, estocar as peças em locais limpos, secos e longe de poeiras ou materiais oleosos.

O que fazer em caso de aparecimento de manchas no Aço Inox?

No caso de aparecimento de manchas consequentes de gorduras ou óleos em geral, o processo recomendado é:

  • Remover os depósitos mais grossos com um pano úmido ou toalha de papel;
  • Mergulhar a peça numa solução de água morna com detergente ou amônia;
  • Terminar de lavar a peça com água e sabão.

Durante o manuseio também pode ocorrer o aparecimento de manchas de dedos, que geralmente aparecem em casos onde os operadores não utilizaram uma luva adequada para transporte.

Para remover as manchas de dedos, deve-se utilizar um pano macio ou toalha de papel umedecida com álcool isopropílico ou solvente orgânico, ambos facilmente encontrados em supermercados comuns.

Uma dica importante é? aplicar um polidor doméstico a base de cera sobre a superfície do Aço Inox logo após a remoção da manchas. Além de ajudar na limpeza, esse produto previne o aparecimento de novas manchas no futuro.

Cuidados com a estocagem

Como mencionamos no início do texto, nem sempre o aparecimento de manchas ou perda da resistência ? oxidação é sinônimo de material com baixa qualidade.

Aliás, na maioria das vezes o que acontece é o oposto. Ao receber o Aço Inox é comum o comprador estocá-lo por longos períodos sem muitas preocupações e, com o passar do tempo, é natural que os problemas comecem a surgir com a matéria-prima.

Por isso, ao estocar o Aço Inox, lembre-se:

  • Deixá-lo exposto ao sol ou em lugares onde possa haver contaminação por partículas dispersas no ar, como poeiras e tintas.
  • Evite o contato do Aço Inox com o aço comum e nunca utilize o mesmo equipamento para o manuseio de ambas as matérias-primas;
  • Nunca ande sobre o Aço Inox ou use canetas para marcação;
  • Evite o contato do material com substâncias externas como graxa, óleos e gorduras.

Outro cuidado importante, mas extremamente ignorado pelo comprador de Aço Inox é sua exposição ? umidade. Apesar das “manchas de água” causadas pela exposição ? chuva e/ou goteiras não prejudicar a resistência do Aço Inox, elas podem conferir um aspecto desagradável para as peças.

A estocagem e manuseio do Aço Inox são aspectos que precisam ser levados em consideração na hora de comprar o material, mas certamente não são os únicos.

Faça o download do eBook ABC do Aço Inox e descubra tudo o que você precisa saber sobre qual o tipo de Aço Inox mais recomendado para a sua necessidade, onde encontrar o melhor fornecedor e como acompanhar suas variações de preço – o? material é gratuito e exclusivo.

Manuseio e estocagem do Aço Inox

read more