close

O Aço Inoxidável

Inox no setor alimentícioO Aço Inoxidável

Conheça 4 aplicações para o aço inox 316 e 304

aço inox

O? aço inox 316 e o aço inox 304? (de acordo com a nomenclatura AISI) são os mais populares de sua família de aços austeníticos. O? aço inox 316 possui sua composição química bastante semelhante ao aço inoxidável 304, porém contando com 2% de molibdênio. O aço 316 tem como característica uma resistência maior ? corrosão sob tensão, podendo ser aplicado? ao produto com o material ou residual da fabricação, além de possuir maior resistência em corrosões localizadas, como é o caso da corrosão por pite.

Já o aço inox 304 possui um grande número de aplicações, seja no uso doméstico ou seja no ambiente industrial. Sua composição química é de 18% cromo e 8% níquel. Esse é? um material que possui alta resistência ? corrosão. Sua composição o torna um aço ideal para processos de conformação e soldagem.

No post de hoje, vamos conferir as aplicações de cada tipo de aço em diferentes situações. Acompanhe!

 

1.? Equipamentos para a indústria alimentícia

Aços inoxidáveis são utilizados largamente em diversos processos da indústria de alimentos e bebidas. Isso inclui os processos de fabricação, processamento, estocagem, distribuição e preparação.

Recipientes, tubulações e equipamentos que entrarão em contato com alimentos são fabricados com? aço inox 304 ou aço inox 316, sendo esses os tipos mais adequados para manuseio e resistentes ? corrosão. O aço inox 316 é mais adequado para alimentos que tenham um poder corrosivo maior, como carne e ingredientes com sal que precisam ser limpos frequentemente.

É importante lembrar de que para garantir a efetividade do metal é importante estocá-lo e manuseá-lo de forma correta, para que ele dure mais tempo. Equipamentos como tanques, tubos e condensadores devem ser limpos constantemente e com frequência, de acordo com o processo realizado, as condições do local, etc.

2.? Partes de maquinário – Aço inox 316 e Aço Inox 304

Devido ao seu fator alto de conformação e soldabilidade, os aços inoxidáveis 304 e 316 podem ser utilizados na fabricação dos componentes para máquinas que exijam esses processos.

3.? Arquitetura e exteriores

A resistência ? corrosão do aço inoxidável o torna uma opção prioritária para aplicação em arquitetura. Os aços inoxidáveis 304 e 316 podem ser utilizados no revestimento de fachadas e tetos de prédios e elevadores, por exemplo.

Ao selecionar o tipo de metal, é importante considerar os fatores naturais externos, como temperatura e umidade. Dessa forma, podemos classificar as localizações como:

  • Rurais😕 áreas sem poluição, longe de atmosferas e resíduos industriais.
  • Urbanas😕 áreas residenciais, com indústrias leves e poluição não agressiva do ar.
  • Industriais: áreas com alta concentração de dióxido de enxofre e gases liberados por indústrias químicas, formando ácidos potencialmente perigosos.
  • Litorâneas: áreas com spray marítimo ou burma, que formam cloretos na atmosfera que podem condensar durante a evaporação da superfície.

As classificações acima não são precisas nem fixas para todo tipo de ambiente considerado rural, urbano, industrial ou litorâneo. É necessário considerar as mudanças ambientais que poderão ocorrer durante o tempo de vida do projeto. A pesquisa das pequenas alterações de clima deve ser realizada antes de escolher o tipo de aço mais adequado.

O aço inoxidável 304 pode ser utilizado para a maioria das aplicações do projeto arquitetônico. No entanto, em áreas industriais e na maioria das área litorâneas, o aço inoxidável 316 é preferencial.

4. Utensílios domésticos

O aço inoxidável 304, como já mencionado, é o mais popular da família de ácidos austeníticos. Por sua facilidade de conformação e resistência maior a rupturas, é um material largamente utilizado na fabricação de produtos domésticos como talheres, panelas, leiteiras e eletrodomésticos como fogões, cestos de lavadoras de roupa, fornos entre outros.

Na Losinox mantemos um alto estoque aço inox 304 e aço inox 316 em formatos de chapas, bobinas, tubos e sob medida cortados e dobrados em maquinário de última geração. São diversos formatos para atender ? ? sua necessidade de uso e aplicação desejada. Caso você queira saber mais sobre os diferentes tipos e famílias de Aço Inox, suas propriedades, aplicações e muito mais, não deixe de baixar gratuitamente nosso e-book ABC do Aço Inox.

read more
O Aço Inoxidável

O Aço Inox – Entenda melhor as vantagens desse material!

o aço inox

O Aço Inox está amplamente presente em? nossas vidas, desde as panelas que usamos para cozinhar até peças de? automóveis. No entanto, mesmo interagindo com ele todos os dias, ainda existe pouco conhecimento por parte do público geral em relação suas características, benefícios e aplicações.

Por que o Aço Inox não “enferruja”? Por que ele é mais caro do que o aço comum? Será que ele é resistente ? alta temperatura? É possível soldar o Aço Inox?

As dúvidas são diversas e vêm tanto de compradores como consumidores e fornecedores. Apesar da quantidade de material educativo sobre o Aço Inox disponível hoje na internet, a maioria foca nas características químicas (especificamente na composição e comportamento químico) do produto, deixando um enorme vácuo entre a explicação química e a aplicação prática.

O Aço Inox (ou Aço Inoxidável) nada mais é do? ? que uma liga de aço comum acrescentado de uma camada composta por quantidades variáveis de cromo, níquel e outros componentes químicos.

Essa camada só existe no Aço Inox e possui o nome técnico de Camada Passiva. Ela é a responsável pela principal característica do material: a resistência ? corrosão.

 

O que é a Corrosão?

Corrosão nada mais é do que a formação de um composto chamado óxido de ferro, gerado pela reação do oxigênio do ar com o ferro do aço comum.

Quando não existe uma proteção química no aço, que é o caso dos aços comuns, com o passar do tempo o óxido de ferro se acumula na superfície do material, enfraquecendo sua estrutura e conferindo aquele aspecto poroso e “sujo”, conhecido como ferrugem.

Como funciona a Camada Passiva no aço inox?

De forma básica, a Camada Passiva protege o Aço Inox da corrosão devido a presença do componente químico cromo. Este reage com o oxigênio do ar e forma uma camada fina e resistente que evita a oxidação de ferro do Aço Inox pelo oxigênio do ar.

Famílias do Aço Inox

Apesar de todos os tipos de Aço Inox contarem com os componentes químicos responsáveis pela formação da Camada Passiva e, portanto, serem resistentes ? corrosão, nem todo Aço Inox é igual ao outro em termos de composição química e aplicação.

Para facilitar a compreensão e comercialização do Aço Inox como produto, atualmente ele é classificado em diferentes “famílias”. São elas:

Austeníticos – São os mais utilizados do mercado devido sua facilidade de conformação e resistência ? rupturas e trincas, mesmo em baixas temperaturas.

Ferríticos- Possuem baixo custo, porém contam com dureza e resistência ? corrosão limitada devido? sua composição química, que se assemelha muito ao aço comum.

Martensíticos- ? São aços inoxidáveis mais resistentes e duros, muito similares ao aço carbono. Devido sua composição com altos índices de carbono, podem ter sua resistência aumentada através do aquecimento.? Os tipos mais comuns da família dos martensíticos são os AISI 410 e AISI 420, implamente utilizados para produção de bombas, eixos, pistas de rolamento e instrumentos hospitalares

Outros- Além das três principais famílias citadas anteriormente, ainda existem algumas outras variações do aço inox, utilizadas em escala muito menor e normalmente para fabricação de peças e equipamentos que demandam uma composição mais específica.Alg uns exemplos são os endurecíveis por precipitação, dúplex e super ferríticos.

Na dúvida em qual tipo é o mais indicado para o seu projeto, o mais recomendado é entrar em contato com um fornecedor de confiança que possa tirar todas as suas dúvidas em relação ? s aplicações e preços . A Losinox disponibiliza uma canal para você entrar em contato com seu departamento técnico para sanar todas as suas dúvidas. Basta apenas clicar na imagem a baixo enviar a sua dúvida.

ao aço inox

Mesmo conhecendo todos os tipos de Aço Inox e até como a Camada Passiva funciona, é comum surgir a pergunta: mas por que usar o Aço Inox?

Bom, a resposta mais óbvia é que o Aço Inox é resistente ? corrosão, o que confere uma vida útil muito maior do a do aço comum.

Mas apesar de ser a principal característica, existem várias outras vantagens da utilização do Aço Inox para fabricação de peças, utensílios, equipamentos e até estruturas de construção civil.

Quais são essas vantagens:

  • Resistência física (mecânica) igual ou superior ao aço comum;
  • Facilidade de limpeza;
  • Baixa tensão superficial;
  • Aparência higiênica;
  • Material inerte (não reage ao contato com outros materiais);
  • Alta durabilidade e vida útil
  • Facilidade de modulação e soldagem;
  • Estabilidade em temperaturas extremas;
  • Beleza visual (modernidade, limpeza e brilho);
  • Ótimo custo benefício;
  • Baixo custo de manutenção;
  • Material reciclável;

Por ser um material resistente a corrosão, resistente e esteticamente agradável, o Aço Inox tem se tornado uma preferência nacional pelos mais diversos mercados, desde utensílios domésticos até equipamentos industriais de grande porte.

Porém, mesmo com este cenário e a demanda nacional crescendo ao longo dos anos – apenas em 2014, por exemplo, a demanda cresceu 72% – ainda é comum as pessoas terem dúvidas sobre o que é o Aço Inox, como ele funciona, como manuseá-lo, comprá-lo e muitas outras.

O objetivo da Losinox com este post? foi responder algumas? dessas dúvidas.

Mas, para você entende mais sobre este material, ? nos produzimos o Manual do Comprador do Aço Inox e o ABC do Aço Inox, com o intuito de ajudar compradores, curiosos e até vendedores a entender melhor a matéria-prima com o qual trabalham, apresentando da forma mais clara possível todos os conceitos envolvidos.

Baixe agora e boa leitura! 😉

 

read more
O Aço Inoxidável

As diferenças dos Aços 304 ou 316 e 304L ou 316L em composição química e resistência ? corrosão

aço 304

A variedade das diferentes classes de Aço Inox pode parecer, a princípio, algo confuso? para quem começa a entrar em contato com esse mercado. Engana-se quem pensa que todo produto vendido como “aço inoxidável” é exatamente o mesmo material.? Compararemos, no artigo de hoje, os Aços 304 ou 316 e o 304L ou 316L, suas características e aplicações. Confira!

O Aço Inox é dividido entre três famílias (que você pode conhecer e saber mais sobre em nosso ebook ABC do Aço Inox);? cada uma com dezenas de tipos. O produto no mercado é classificado por meio da norma criada pela AISI (American Iron and Steel Institute), definindo uma nomenclatura de acordo com os elementos que compõem a matéria-prima do Aço Inox, como ferro e níquel.

Aços 304 ou 316 e 304L ou 316L: composição química

Primeiramente, é preciso apresentar cada classe de Aço Inox. O Aço 304 (ou AISI 304) é o tipo de Aço Inox mais popular. Seu uso é visto em áreas como utensílios de cozinha, hospitais, indústrias farmacêutico químicas e petroquímicas.

A diferença do Aço 304 para o 316 é que o segundo conta com cerca de 2,50% de molibdênio em sua composição. Essa liga garante a essa classe de Aço Inox uma qualidade superior para as mesmas aplicações do Aço 304.

Já os Aços 304L ou 316L são versões desses mesmos aços com menor teor de carbono. A seguir, você saberá mais sobre qual é o impacto desse baixa composição de carbono para esses tipos de aço.

Entre as três famílias de Aço Inox, os Aços 304 e 316 e Aços 304L e 316L fazem parte dos Austeníticos, caracterizada? pelo amplo número de ligas e aplicações de seus tipos. Aços Inox Austeníticos são compostos por ferro, cromo e níquel, e têm alta resistência ? ? corrosão.

As faixas de composição química dos Aços 304 ou 316 e 304L ou 316L são geralmente as seguintes:

AISI 304 ou 316

Carbono: máximo de 0,08%

Molibdênio (somente AISI 316): 2 a 3%

Níquel: 8 a 12%

AISI 304L ou 316L

Carbono: máximo de 0,03%

Molibdênio (somente AISI 316L): 2 a 3%

Níquel: máximo de 12%

Podemos notar que, além da diferença do teor de carbono, as faixas de composição química dos demais elementos são essencialmente as mesmas. Elementos como cromo e níquel são mais ou menos similares em todas as variantes dos Aços 304 ou 316 e 304L ou 316L.

O Aço 304L europeu, denominado? 1.4306 e 1.4307, por exemplo, tem a faixa de níquel mínima de 8%, semelhante em relação ? s variantes do Aço 304, denominado 1.4301. O que difere ambos são as faixas de carbono, sendo um máximo de 0,03% para o 304L e máximo de 0,07% para o tipo 304. O mesmo vale para o 316 e o 316L, com seus aços europeus (1.4401 e 1.4404, respectivamente) iguais em todas as faixas de carbono, com máximo de 0,07% para o 1.4401 e máximo de 0,030% para 1.4404.

Mas, no que difere esse teor de carbono? É hora de descobrir isso no efeito de cada tipo de Aço Inox ao resistir ? corrosão!

O efeito do carbono na resistência ? corrosão

Os tipos de aço 304L e 316L são versões construídas com baixo carbono como alternativas do aço padrão para superarem o risco do que chamamos de corrosão intercristalina.

A corrosão intercristalina (ou desintegração da solda) ocorre quando as extremidades do material são mais suscetíveis a corroerem do que o seu interior. Isso geralmente ocorre com a precipitação do Cromo em ligas de Aço Inox em alta temperatura, utilizado na Camada Passiva do Aço Inoxidável, isto é, o filme que protegeria o Aço Inox de ser corroído.

O baixo teor de carbono dos Aços 304L e 316L impede que a corrosão intercristalina ocorra, especialmente nas sessões mais “grossas” do Aço.

A soldagem dos aços de baixo carbono são geralmente mais fáceis, possivelmente por conta de sua resistência física. Isso pode impactar os níveis de tensão residual após sua adequação no processo.

Escolhendo o Aço Inox Ideal

Apesar de os Aços 304L e 316L terem uma resistência ? corrosão maior em relação aos Aços 304 e 316 por conta de sua baixa faixa de carbono, isso não significa exatamente que eles serão sempre os mais adequados e sustentáveis para a aplicação que você necessita. É preciso ficar atento ? s certificações utilizadas pelos aços na fabricação, bem como sua forma de estocagem e manuseio, que impacta totalmente na duração do material.

Na Losinox, trabalhamos com Aço Inox com o melhor custo-benefício, sempre inovando nossos processos e com foco total na satisfação do cliente. Contate-nos e conheça mais de nossa linha de produtos e serviços.

Para entender melhor este mercado, a Losinox com sua experiencia de ? 50 anos comercializando aço inoxidável, preparou um manual que o? comprador de aço inoxidável possa? esclarecer suas dúvidas, de forma simples e prática, para você saber tudo o que deve? ser levado em consideração pelo comprador para fazer melhor decisão? possível.

Baixe o Manual clicando na imagem abaixo

Aços 304 e 316 e Aços 304L e 316L

read more
O Aço Inoxidável

Como manter a beleza e durabilidade do Aço Inox: O segredo está no fornecedor de aço inox

aço

Se você acompanha as publicações do Blog da Losinox e todos os nossos materiais educativos, como o eBook ABC Do Aço Inox, provavelmente já percebeu que constantemente estamos dando dicas sobre como manter a qualidade, beleza e durabilidade? do Aço Inox. ? Mas e o fornecedor de Aço Inox? Qual a sua importância na preservação das características básicas dos materiais de aço inoxidável?

Fornecedor de Aço Inox: Por que a sua escolha pode determinar a durabilidade do material

Devido ao uso crescente do aço inoxidável nos mais diversos segmentos do mercado, que vão desde utensílios de cozinha até equipamentos odontológicos, atualmente os consumidores têm acesso ? enorme variedade de fornecedores de Aço Inox.

Numa visão geral, essa situação é ótima para o consumidor. Afinal, quanto mais fornecedores no mercado, maior? será a sua liberdade em encontrar aquele? que melhor? atende? suas necessidades – tanto de localidade quanto de preço.

Contudo, a mesma variedade (que é ótima para o consumidor) pode causar uma “luta dos preços” que, inevitavelmente, reduz o nível de qualidade oferecido por alguns fornecedores.

E Aço Inox de baixa qualidade – ou seja, composto por materiais de “segunda” linha e? transportados inadequadamente – significa menor durabilidade, tanto na questão de resitência ? oxidação quanto nos aspectos estéticos, como brilho e superfície lisa.

Mas afinal, por que se preocupar com a durabilidade do Aço Inox?

À primeira vista a resposta para essa questão pode parecer óbvia: quanto maior a durabilidade, maior a vida útil do material e maior o custo-benefício.

Apesar dessa afirmação também ser verdade, os danos causados por? um Aço Inox com baixa durabilidade vão muito além do aspecto financeiro.?

Nos segmentos hospitalares e alimentícios, por exemplo, um Aço Inox cuja durabilidade foi comprometido por danos na Camada Passiva durante ou transporte (ou? composição química inadequada) é muito mais difícil de ser higienizado, o que aumenta drasticamente o? risco de contaminação.

Em outras palavras, um material comprado de um fornecedor de Aço Inox de? qualidade inferior? certamente irá trazer danos não apenas financeiros, mas também de saúde pública que podem, inclusive, se tornarem em processos criminais sérios.?

Dessa forma, pagar pouco por um Aço Inox de baixa qualidade não faz o menor sentido se estivermos falando de médio e longo prazo.

Como manter a durabilidade do Aço Inox

Agora que já esclarecemos a importância de se escolher um fornecedor de Aço Inox de qualidade – mesmo que esse não seja o mais barato -, podemos apresentar algumas dicas práticas para manter a qualidade do material por anos ou mesmo décadas, dependendo de sua aplicação.

As dicas são:

  • Ao transportar o Aço Inox, use luvas de plásticos limpas e secas para evitar o surgimento de manchas de dedo;
  • Nunca coloque o Aço Inox diretamente com o chão – O ideal é sempre usar um calço ou plástico grosso para protegê-lo da umidade do chão;
  • Mantenha o material em local seco, limpo e coberto de chuva ou exposição solar;
  • Se estocado em ambientes com presença de outros materiais, proteger o Aço Inox com plástico ou papel para evitar a contaminação por poeira, óleos ou partículas de tinta;
  • Quando estocado por longos períodos, lavar as peças ao menos uma vez por mês;
  • Se utilizado diariamente, lavar com água e sabão antes e após sua utilização;
  • Em caso de aparecimento de manchas, removê-las imediatamente com solução alcalina? e/ou água quente;
  • Jamais expor o Aço Inox ? alta temperatura por longos períodos – a não ser que o mesmo seja fabricado especialmente para esse tipo de condição.

Como podemos perceber, manter a durabilidade do Aço Inox não é nenhum “bicho de sete cabeças” e por isso deveria fazer parte do planejamento de qualquer comprador de Aço Inox.

Afinal, se levarmos em consideração que uma peça ou equipamento e Aço Inox pode durar até 30 anos,? é fácil concluir que todo o esforço vale a pena em termos financeiros e de saúde.

Sobre a Losinox

O Losinox é uma das empresas pioneiras na comercialização de Aço Inox no Brasil. Atualmente é um dos principais distribuidores da Aperam e opera seguindo os princípios de qualidade máxima do material comercializado e comprometimento total com as necessidades dos clientes.?

Clique aqui e conheça os produtos da Aço Inox agora mesmo!

Baixe o Guia de Acabamentos em Aço Inoxidável!

fornecedor de aço inox

read more
O Aço Inoxidável

Por que escolher a Losinox quando o assunto é aço inox?

losinox

Apesar estar presente em todos os locais – da pia da sua cozinha aos equipamentos de um Centro Cirúrgico -, o Aço Inox só começou a ser efetivamente produzido? no Brasil na década de 60 pela empresa Acesita, conhecida hoje como? APERAM? ! ? A Losinox que nessa época se chamava Losango Aço Inoxidável Ltda, foi uma da pioneiras em sua distribuição.

Desde então a Losinox tem se consolidado como uma das principais distribuidoras da Aperam South America (antiga Acesita e Arcelor Mittal Inox Brasil), que atualmente é a única produtora? de Aço Inox da América Latina. ? ? ? ? ? ? ?

Conheça agora como (e porque) a Losinox conquistou o respeito que possui hoje e, principalmente, quais são os seus diferenciais de mercado que vêm lhe consolidando, a cada ano, como referência nacional em distribuição de Aço Inox.

Aço inox é muito usado na indústria alimentícia

Sobre a Losinox

A Losinox faz parte da Força Inox, que é a rede de distribuidores exclusivos da Aperam. Fundada em 1966, foi uma das pioneiras na distribuição de Aço Inox no mercado brasileiro e atualmente é, além de distribuidora, um centro de serviços credenciado para oferecer uma ampla variedade de produtos.

Em suma, o distribuidor de Aço Inox recebe a matéria-prima em diferentes tipos (AISI) e espessuras, que podem variar entre 0,40 mm até 100 mm. O material geralmente é entregue em formas de bobinas de 12 toneladas e/ou chapas da usina.

Assim que o material chega até as instalações da Losinox, o mesmo é convertido e vendendo em formas de chapas, tubos, barras chatas, cantoneiras ou cortes sob medidas, que são executados em máquinas modernas.

Aliás, para entregar o melhor produto possível a Losinox possui máquina de plasma de alta definição, cortadeira e dobradeiras para diferentes tamanhos (sendo o mais comum 6m).

Além da tecnologia de ponta, a Política de Comprometimento da Losinox garante que todos os clientes sejam tratados como parceiros, sendo a prioridade máxima de todo vendedor atender todas as necessidades e expectativas de cada cliente.

“A Losinox atua sempre buscando a melhoria contínua na comercialização e beneficiamento de aço inoxidável para atingir a excelência e o reconhecimento em sua qualidade e principalmente a satisfação de seus clientes, funcionários, fornecedores e acionistas.” -? Missão da Losinox

Diferenciais da Losinox

Apesar do comprometimento com um atendimento personalizado e tecnologia de ponta para fabricação de materiais impecáveis serem importantes, essas características não bastam para conquistar e fidelizar clientes hoje em dia.

Por isso, a Losinox está sempre em busca de novas formas de inovar e agregar novos diferenciais aos seus serviços.

Quais diferenciais são esses?

  • Preço: Para conseguir oferecer o Aço Inox com o melhor custo-benefício do mercado a Losinox usa o seu know-how de mais de 50 anos para buscar alternativas de redução de custo e em seguida passar essa economia para o consumidor final.
  • Inovação: Por ser uma das empresas pioneiras na comercialização de Aço Inox no Brasil, a cultura de inovação ainda está presente na Losinox e constante seus processos são otimizados para maior qualidade, eficiência e redução de custos.
  • Foco: Com uma maior oferta de Aço Inox no mercado brasileiro e necessidade cada vez mais urgente de vender, muitos distribuidores de Aço Inox acabam negligenciando os aspectos mais importante de seus negócios, que são as pessoas. Sabendo disso, a Losinox se esforça ao máximo para focar na satisfação total do cliente – independente se isso afetará positivamente ou negativamente os resultados da empresa no curto prazo.

Pioneirismo na produção de conteúdo

Como mencionamos anteriormente, a inovação está presente na Losinox desde seus primórdios.

Por isso, há alguns anos a empresa? se propôs a distribuir muito mais do que o Aço Inox para o mercado nacional, sendo? atualmente uma das maiores disseminadoras de conteúdos dentre as concorrentes.

O objetivo de gerar conteúdos relevantes e úteis – ou seja, que realmente auxiliassem os compradores de Aço Inox ao redor do Brasil – é o resultado de uma mudança drástica no comportamento dos consumidores, que estão cada vez mais antenados e proativos em suas decisões.

Além do Blog, onde conteúdos exclusivos são publicados semanalmente, a Losinox também vem produzindo eBooks completos que abordam desde como encontrar o Aço Inox mais barato até como estocar o material na sua empresa.

Em outras palavras, a Losinox deixou de ser “apenas” uma distribuidora de Aço Inox para orgulhosamente se tornar uma distribuidora de conhecimento.

Quer nos conhecer melhor?

Quer conhecer mais a Losinox, solicitar um orçamento ou simplesmente conversar com um especialista? Não deixe de entrar em contato com a nossa equipe agora mesmo.

Temos sempre especialistas ? disposição para atender nossos clientes e será um prazer atendê-lo.

read more
O Aço Inoxidável

Sustentabilidade do aço inox: saiba mais!

aço inox

A sustentabilidade não é mais apenas um conceito abstrato ou um ideal distante. Ela, cada vez mais, mostra-se presente na mente, nas decisões de compra e no comportamento das pessoas. E isso impulsiona consumidores e empresas a reverem seus hábitos. É nesse contexto que a sustentabilidade do aço inox mostra-se cada vez mais relevante.

De fato, conforme pesquisa realizada pelo Instituto Akatu, um percentual crescente de pessoas tem valorizado mais as práticas sustentáveis, incorporando pequenas ações sustentáveis em suas rotinas e sendo mais exigentes com as empresas em relação ao seu compromisso com questões socioambientais. Outro estudo demonstrou que o brasileiro ocupa o terceiro lugar no ranking de povos com maior consciência e preocupação com a sustentabilidade.

E você, está procurando formas de incorporar práticas mais sustentáveis em sua rotina? Então, não deixe de conhecer mais sobre a sustentabilidade do aço inox. Acompanhe a seguir.

sustentabilidade do aço inox

Por que o aço inox é mais sustentável?

O aço inox é considerado o metal mais sustentável entre os disponíveis comercialmente no mercado. Ele está alinhado ao conceito de desenvolvimento sustentável, que é aquele que supre as necessidades do presente sem comprometer a habilidade das gerações futuras em suprir as suas próprias necessidades.

Trata-se de um insumo ecologicamente correto em relação a outros tipos de materiais, apresentando um teor reciclado médio de 60% e sendo 100% reciclável.

A sustentabilidade do aço se apresenta, ainda, pela sua possibilidade de reutilização, visto que seus resíduos, por isso, não serão desviados para aterros sanitários. Ainda, trata-se de uma matéria-prima quimicamente segura, que não polui rios e mares.

Sustentabilidade do aço inox: por que escolhê-la?

Além de todos os benefícios que vimos, podemos ainda destacar:

1. A durabilidade do aço inox

A elevada durabilidade de produtos feitos desse material  faz com que menos rejeitos sejam descartados no meio ambiente ou precisem ser submetidos ao processo de reciclagem.

2. A segurança química do metal

Se outros metais forem descartados em um pequeno rio, provavelmente a fauna e a flora local serão comprometidas, além de tornar suas águas impróprias para consumo. Se o mesmo ocorrer com o aço inox, não haverá tais impactos, pois ele é quimicamente seguro. Por isso, há, por exemplo, criadouros de peixes feitos desse material. Ou mesmo próteses internas utilizadas no organismo humano feitas em aço inox.

Ainda, sua segurança química é maior, pois os materiais de aço inox não utilizam tintas ou compostos químicos poluentes (como o verniz de uma madeira, por exemplo).

3. O potencial de reciclagem do aço inox

Como vimos, esse metal é 100% reciclável, podendo passar por incontáveis processos de reciclagem sem perder sua qualidade e suas propriedades. Além disso, ao contrário de outros materiais, sua reciclagem tende a ser simplificada.

4. A sustentabilidade do aço inox em seu processo produtivo

Busca-se melhorar continuamente o processo produtivo do aço inoxidável. Da década de 1960 para cá, as emissões de CO2 caíram para metade e a de partículas foi diminuída em mais de 90%.

Ainda, essas partículas são quase completamente recicladas e os gases residuais são reutilizados para a produção de energia. Outro fator importante é que boa parte da produção do material é feita em siderúrgicas que são alimentadas com sucata reciclada e não geram emissões de CO2.

Assim, seja na construção civil, na decoração, em utensílios domésticos ou industriais, a sustentabilidade do aço inox se faz presente. Preferir os produtos feitos a partir desse metal é uma escolha que, além de garantir itens de beleza e qualidade, ainda auxilia o meio ambiente.

E então, o que você achou sobre a sustentabilidade do aço inox? Você pensa em optar por ele em suas próximas decisões de compra? Deixe sua mensagem nos comentários.

read more
O Aço Inoxidável

Sustentabilidade do aço inox: saiba mais!

Round steel bars

A sustentabilidade não é mais apenas um conceito abstrato ou um ideal distante. Ela, cada vez mais, mostra-se presente na mente, nas decisões de compra e no comportamento das pessoas. E isso impulsiona consumidores e empresas a reverem seus hábitos. É nesse contexto que a sustentabilidade do aço inox mostra-se cada vez mais relevante.

De fato, conforme pesquisa realizada pelo Instituto Akatu, um percentual crescente de pessoas tem valorizado mais as práticas sustentáveis, incorporando pequenas ações sustentáveis em suas rotinas e sendo mais exigentes com as empresas em relação ao seu compromisso com questões socioambientais. Outro estudo demonstrou que o brasileiro ocupa o terceiro lugar no ranking de povos com maior consciência e preocupação com a sustentabilidade.

E você, está procurando formas de incorporar práticas mais sustentáveis em sua rotina? Então, não deixe de conhecer mais sobre a sustentabilidade do aço inox. Acompanhe a seguir.

sustentabilidade do aço inox

Por que o aço inox é mais sustentável?

O aço inox é considerado o metal mais sustentável entre os disponíveis comercialmente no mercado. Ele está alinhado ao conceito de desenvolvimento sustentável, que é aquele que supre as necessidades do presente sem comprometer a habilidade das gerações futuras em suprir as suas próprias necessidades.

Trata-se de um insumo ecologicamente correto em relação a outros tipos de materiais, apresentando um teor reciclado médio de 60% e sendo 100% reciclável.

A sustentabilidade do aço se apresenta, ainda, pela sua possibilidade de reutilização, visto que seus resíduos, por isso, não serão desviados para aterros sanitários. Ainda, trata-se de uma matéria-prima quimicamente segura, que não polui rios e mares.

Sustentabilidade do aço inox: por que escolhê-la?

Além de todos os benefícios que vimos, podemos ainda destacar:

1. A durabilidade do aço inox

A elevada durabilidade de produtos feitos desse material  faz com que menos rejeitos sejam descartados no meio ambiente ou precisem ser submetidos ao processo de reciclagem.

2. A segurança química do metal

Se outros metais forem descartados em um pequeno rio, provavelmente a fauna e a flora local serão comprometidas, além de tornar suas águas impróprias para consumo. Se o mesmo ocorrer com o aço inox, não haverá tais impactos, pois ele é quimicamente seguro. Por isso, há, por exemplo, criadouros de peixes feitos desse material. Ou mesmo próteses internas utilizadas no organismo humano feitas em aço inox.

Ainda, sua segurança química é maior, pois os materiais de aço inox não utilizam tintas ou compostos químicos poluentes (como o verniz de uma madeira, por exemplo).

3. O potencial de reciclagem do aço inox

Como vimos, esse metal é 100% reciclável, podendo passar por incontáveis processos de reciclagem sem perder sua qualidade e suas propriedades. Além disso, ao contrário de outros materiais, sua reciclagem tende a ser simplificada.

4. A sustentabilidade do aço inox em seu processo produtivo

Busca-se melhorar continuamente o processo produtivo do aço inoxidável. Da década de 1960 para cá, as emissões de CO2 caíram para metade e a de partículas foi diminuída em mais de 90%.

Ainda, essas partículas são quase completamente recicladas e os gases residuais são reutilizados para a produção de energia. Outro fator importante é que boa parte da produção do material é feita em siderúrgicas que são alimentadas com sucata reciclada e não geram emissões de CO2.

Assim, seja na construção civil, na decoração, em utensílios domésticos ou industriais, a sustentabilidade do aço inox se faz presente. Preferir os produtos feitos a partir desse metal é uma escolha que, além de garantir itens de beleza e qualidade, ainda auxilia o meio ambiente.

E então, o que você achou sobre a sustentabilidade do aço inox? Você pensa em optar por ele em suas próximas decisões de compra? Deixe sua mensagem nos comentários.

read more
O Aço Inoxidável

Sustentabilidade do aço inox: saiba mais!

açu

A sustentabilidade não é mais apenas um conceito abstrato ou um ideal distante. Ela, cada vez mais, mostra-se presente na mente, nas decisões de compra e no comportamento das pessoas. E isso impulsiona consumidores e empresas a reverem seus hábitos. É nesse contexto que a sustentabilidade do aço inox mostra-se cada vez mais relevante.

De fato, conforme pesquisa realizada pelo Instituto Akatu, um percentual crescente de pessoas tem valorizado mais as práticas sustentáveis, incorporando pequenas ações sustentáveis em suas rotinas e sendo mais exigentes com as empresas em relação ao seu compromisso com questões socioambientais. Outro estudo demonstrou que o brasileiro ocupa o terceiro lugar no ranking de povos com maior consciência e preocupação com a sustentabilidade.

E você, está procurando formas de incorporar práticas mais sustentáveis em sua rotina? Então, não deixe de conhecer mais sobre a sustentabilidade do aço inox. Acompanhe a seguir.

sustentabilidade do aço inox

Por que o aço inox é mais sustentável?

O aço inox é considerado o metal mais sustentável entre os disponíveis comercialmente no mercado. Ele está alinhado ao conceito de desenvolvimento sustentável, que é aquele que supre as necessidades do presente sem comprometer a habilidade das gerações futuras em suprir as suas próprias necessidades.

Trata-se de um insumo ecologicamente correto em relação a outros tipos de materiais, apresentando um teor reciclado médio de 60% e sendo 100% reciclável.

A sustentabilidade do aço se apresenta, ainda, pela sua possibilidade de reutilização, visto que seus resíduos, por isso, não serão desviados para aterros sanitários. Ainda, trata-se de uma matéria-prima quimicamente segura, que não polui rios e mares.

Sustentabilidade do aço inox: por que escolhê-la?

Além de todos os benefícios que vimos, podemos ainda destacar:

1. A durabilidade do aço inox

A elevada durabilidade de produtos feitos desse material  faz com que menos rejeitos sejam descartados no meio ambiente ou precisem ser submetidos ao processo de reciclagem.

2. A segurança química do metal

Se outros metais forem descartados em um pequeno rio, provavelmente a fauna e a flora local serão comprometidas, além de tornar suas águas impróprias para consumo. Se o mesmo ocorrer com o aço inox, não haverá tais impactos, pois ele é quimicamente seguro. Por isso, há, por exemplo, criadouros de peixes feitos desse material. Ou mesmo próteses internas utilizadas no organismo humano feitas em aço inox.

Ainda, sua segurança química é maior, pois os materiais de aço inox não utilizam tintas ou compostos químicos poluentes (como o verniz de uma madeira, por exemplo).

3. O potencial de reciclagem do aço inox

Como vimos, esse metal é 100% reciclável, podendo passar por incontáveis processos de reciclagem sem perder sua qualidade e suas propriedades. Além disso, ao contrário de outros materiais, sua reciclagem tende a ser simplificada.

4. A sustentabilidade do aço inox em seu processo produtivo

Busca-se melhorar continuamente o processo produtivo do aço inoxidável. Da década de 1960 para cá, as emissões de CO2 caíram para metade e a de partículas foi diminuída em mais de 90%.

Ainda, essas partículas são quase completamente recicladas e os gases residuais são reutilizados para a produção de energia. Outro fator importante é que boa parte da produção do material é feita em siderúrgicas que são alimentadas com sucata reciclada e não geram emissões de CO2.

Assim, seja na construção civil, na decoração, em utensílios domésticos ou industriais, a sustentabilidade do aço inox se faz presente. Preferir os produtos feitos a partir desse metal é uma escolha que, além de garantir itens de beleza e qualidade, ainda auxilia o meio ambiente.

E então, o que você achou sobre a sustentabilidade do aço inox? Você pensa em optar por ele em suas próximas decisões de compra? Deixe sua mensagem nos comentários.

read more
O Aço Inoxidável

Sustentabilidade do aço inox: saiba mais!

inox

A sustentabilidade não é mais apenas um conceito abstrato ou um ideal distante. Ela, cada vez mais, mostra-se presente na mente, nas decisões de compra e no comportamento das pessoas. E isso impulsiona consumidores e empresas a reverem seus hábitos. É nesse contexto que a sustentabilidade do aço inox mostra-se cada vez mais relevante.

De fato, conforme pesquisa realizada pelo Instituto Akatu, um percentual crescente de pessoas tem valorizado mais as práticas sustentáveis, incorporando pequenas ações sustentáveis em suas rotinas e sendo mais exigentes com as empresas em relação ao seu compromisso com questões socioambientais. Outro estudo demonstrou que o brasileiro ocupa o terceiro lugar no ranking de povos com maior consciência e preocupação com a sustentabilidade.

E você, está procurando formas de incorporar práticas mais sustentáveis em sua rotina? Então, não deixe de conhecer mais sobre a sustentabilidade do aço inox. Acompanhe a seguir.

sustentabilidade do aço inox

Por que o aço inox é mais sustentável?

O aço inox é considerado o metal mais sustentável entre os disponíveis comercialmente no mercado. Ele está alinhado ao conceito de desenvolvimento sustentável, que é aquele que supre as necessidades do presente sem comprometer a habilidade das gerações futuras em suprir as suas próprias necessidades.

Trata-se de um insumo ecologicamente correto em relação a outros tipos de materiais, apresentando um teor reciclado médio de 60% e sendo 100% reciclável.

A sustentabilidade do aço se apresenta, ainda, pela sua possibilidade de reutilização, visto que seus resíduos, por isso, não serão desviados para aterros sanitários. Ainda, trata-se de uma matéria-prima quimicamente segura, que não polui rios e mares.

Sustentabilidade do aço inox: por que escolhê-la?

Além de todos os benefícios que vimos, podemos ainda destacar:

1. A durabilidade do aço inox

A elevada durabilidade de produtos feitos desse material  faz com que menos rejeitos sejam descartados no meio ambiente ou precisem ser submetidos ao processo de reciclagem.

2. A segurança química do metal

Se outros metais forem descartados em um pequeno rio, provavelmente a fauna e a flora local serão comprometidas, além de tornar suas águas impróprias para consumo. Se o mesmo ocorrer com o aço inox, não haverá tais impactos, pois ele é quimicamente seguro. Por isso, há, por exemplo, criadouros de peixes feitos desse material. Ou mesmo próteses internas utilizadas no organismo humano feitas em aço inox.

Ainda, sua segurança química é maior, pois os materiais de aço inox não utilizam tintas ou compostos químicos poluentes (como o verniz de uma madeira, por exemplo).

3. O potencial de reciclagem do aço inox

Como vimos, esse metal é 100% reciclável, podendo passar por incontáveis processos de reciclagem sem perder sua qualidade e suas propriedades. Além disso, ao contrário de outros materiais, sua reciclagem tende a ser simplificada.

4. A sustentabilidade do aço inox em seu processo produtivo

Busca-se melhorar continuamente o processo produtivo do aço inoxidável. Da década de 1960 para cá, as emissões de CO2 caíram para metade e a de partículas foi diminuída em mais de 90%.

Ainda, essas partículas são quase completamente recicladas e os gases residuais são reutilizados para a produção de energia. Outro fator importante é que boa parte da produção do material é feita em siderúrgicas que são alimentadas com sucata reciclada e não geram emissões de CO2.

Assim, seja na construção civil, na decoração, em utensílios domésticos ou industriais, a sustentabilidade do aço inox se faz presente. Preferir os produtos feitos a partir desse metal é uma escolha que, além de garantir itens de beleza e qualidade, ainda auxilia o meio ambiente.

E então, o que você achou sobre a sustentabilidade do aço inox? Você pensa em optar por ele em suas próximas decisões de compra? Deixe sua mensagem nos comentários.

read more
O Aço Inoxidável

Sustentabilidade do aço inox: saiba mais!

ferrugem

A sustentabilidade não é mais apenas um conceito abstrato ou um ideal distante. Ela, cada vez mais, mostra-se presente na mente, nas decisões de compra e no comportamento das pessoas. E isso impulsiona consumidores e empresas a reverem seus hábitos. É nesse contexto que a sustentabilidade do aço inox mostra-se cada vez mais relevante.

De fato, conforme pesquisa realizada pelo Instituto Akatu, um percentual crescente de pessoas tem valorizado mais as práticas sustentáveis, incorporando pequenas ações sustentáveis em suas rotinas e sendo mais exigentes com as empresas em relação ao seu compromisso com questões socioambientais. Outro estudo demonstrou que o brasileiro ocupa o terceiro lugar no ranking de povos com maior consciência e preocupação com a sustentabilidade.

E você, está procurando formas de incorporar práticas mais sustentáveis em sua rotina? Então, não deixe de conhecer mais sobre a sustentabilidade do aço inox. Acompanhe a seguir.

sustentabilidade do aço inox

Por que o aço inox é mais sustentável?

O aço inox é considerado o metal mais sustentável entre os disponíveis comercialmente no mercado. Ele está alinhado ao conceito de desenvolvimento sustentável, que é aquele que supre as necessidades do presente sem comprometer a habilidade das gerações futuras em suprir as suas próprias necessidades.

Trata-se de um insumo ecologicamente correto em relação a outros tipos de materiais, apresentando um teor reciclado médio de 60% e sendo 100% reciclável.

A sustentabilidade do aço se apresenta, ainda, pela sua possibilidade de reutilização, visto que seus resíduos, por isso, não serão desviados para aterros sanitários. Ainda, trata-se de uma matéria-prima quimicamente segura, que não polui rios e mares.

Sustentabilidade do aço inox: por que escolhê-la?

Além de todos os benefícios que vimos, podemos ainda destacar:

1. A durabilidade do aço inox

A elevada durabilidade de produtos feitos desse material  faz com que menos rejeitos sejam descartados no meio ambiente ou precisem ser submetidos ao processo de reciclagem.

2. A segurança química do metal

Se outros metais forem descartados em um pequeno rio, provavelmente a fauna e a flora local serão comprometidas, além de tornar suas águas impróprias para consumo. Se o mesmo ocorrer com o aço inox, não haverá tais impactos, pois ele é quimicamente seguro. Por isso, há, por exemplo, criadouros de peixes feitos desse material. Ou mesmo próteses internas utilizadas no organismo humano feitas em aço inox.

Ainda, sua segurança química é maior, pois os materiais de aço inox não utilizam tintas ou compostos químicos poluentes (como o verniz de uma madeira, por exemplo).

3. O potencial de reciclagem do aço inox

Como vimos, esse metal é 100% reciclável, podendo passar por incontáveis processos de reciclagem sem perder sua qualidade e suas propriedades. Além disso, ao contrário de outros materiais, sua reciclagem tende a ser simplificada.

4. A sustentabilidade do aço inox em seu processo produtivo

Busca-se melhorar continuamente o processo produtivo do aço inoxidável. Da década de 1960 para cá, as emissões de CO2 caíram para metade e a de partículas foi diminuída em mais de 90%.

Ainda, essas partículas são quase completamente recicladas e os gases residuais são reutilizados para a produção de energia. Outro fator importante é que boa parte da produção do material é feita em siderúrgicas que são alimentadas com sucata reciclada e não geram emissões de CO2.

Assim, seja na construção civil, na decoração, em utensílios domésticos ou industriais, a sustentabilidade do aço inox se faz presente. Preferir os produtos feitos a partir desse metal é uma escolha que, além de garantir itens de beleza e qualidade, ainda auxilia o meio ambiente.

E então, o que você achou sobre a sustentabilidade do aço inox? Você pensa em optar por ele em suas próximas decisões de compra? Deixe sua mensagem nos comentários.

read more
1 2 3 4
Page 3 of 4